A ORDEM E O CAOS


A exposição "A Ordem e o Caos", realizou-se no Rio de Janeiro e foi composta por uma reunião de 40 pinturas produzidas pelo artista durante um período de 25 anos. Sob seu ponto de vista, ele estava expondo "visões que se constituem em reflexos de universos mentais construidos pelo contínuo ato de ver, com a percepção aberta para o emocional e o espiritual. Na abrangência de todo o nosso mundo visualmente perceptível, as impressões que nos sensibilizam diretamente, de forma consciente ou não, ecoam em nossas mentes como ecos de toda a matéria que nos cerca, onde cores, formas e estruturas se aglutinam e se misturam, em múltiplos fractais, ora em ordem perfeita, ora em aparente desordem."

"Na verdade, nessa extraordinária complexidade que nos rodeia, impera a mais absoluta coerência e se faz presente um caos perfeitamente organizado."